'Bem Vindo'

sexta-feira, 29 de julho de 2011

'2012'



Olá queridos leitores, fazia muito tempo que não tínhamos postados noticias novas para vocês, mais hoje venho com uma noticia que promete bastante, é só conferir...
O Arraiá Filhos da Terra promete um espetáculo magnífico para 2012, já demos inícios em alguns trabalhos como: Roupas, Diretoria, Tema, Adereços, Apresentações, Dançantes entre outros...
Começamos bastante cedo para que próximo ano você possa desfrutar de um espetáculo ainda mais bonito levando o público a um mundo novo de cores, musicas, harmonia, e muita animação.
O Arraiá Filhos da Terra vai continuar e se você quiser também fazer parte desse grande espetáculo, dessa história de muito amor e emoção aguarde as noticias, pois as inscrições começarão logo.

Obrigado.


quarta-feira, 29 de junho de 2011

'Noticias do Arraiá'


Olá queridos leitores, está com algum tempo que não havia postagens novas no blog, mas hoje venho com noticias quentinhas para você, aproveite a oportunidade para comentar e seguir o nosso blog.

Nós que fazemos parte do Arraiá Filhos da Terra durante algumas apresentações recebemos dois convites muito importantes, fomos convidados a fazer a abertura do (1ºFestejo Junino Fora de Época da Quadrilha Paixão Nordestina), no Centro Cultural Dragão do Mar em Fortaleza – CE, também convidados a se fazer presente no (Festival de Quadrilhas de Redenção), Redenção – CE, para fazermos a abertura ou encerramento do festival de quadrilhas.
Nós da diretoria do Arraiá ainda não demos nenhuma resposta concreta, pois ainda dependemos um pouco dos transportes para estas localidades, mas queridos leitores continuem nos visitando assiduamente e fiquem ligados em mais noticias do nosso blog.

quinta-feira, 23 de junho de 2011

'Etapa Regional do Ceará Junino - Iguatu-CE'

Confira aqui um pedacinho de nossa apresentação em Iguatu-Ce (22/06/2011), nossa apresentação era uma das mais esperadas daquela noite, chamando a atenção de muitas pessoas pelo repertorio, animação e tema, todos os dançarinos estavam muito empolgados em poder estar participando da etapa do “Ceará Junino” podendo mais uma vez representar a sua cidade (Orós-Ce) em festivais juninos.

Quadrilhas: 
  • Arraiá Chica Fulô (Cedro)
  • Arraiá Filhos da Terra (Orós)
  • Arraiá Tradição Nordestina ( Jucás)


'Confira Trechos Das Apresentações Destas Quadrilhas'


video




sábado, 11 de junho de 2011

'Agenda de Apresentações - 2011'

Mais uma vez nós que fazemos parte do Arraiá Filhos da Terra saímos para Festivais Juninos em outras cidades, sendo muito emocionante para nós termos esse grande privilégio de além de representar nossa cidade representarmos também nós mesmos por sermos uma Quadrilha Junina independente.
Nossa agenda está quase completa faltando apenas algumas datas para o fechamento geral de Junho, podemos acrescentar alguma apresentação de ultima hora, portanto fiquem ligados no Blog do Arraiá Filhos da Terra.

Agenda 2011

  • VI Festival Regional de Quadrilhas Juninas.
         Data: 17/06/2011 (Sexta-Feira)
         Horário: 23:30                                            OK
         Local: Alto Santo – Ceará

  • XII Festejo Ceará Junino (Iguatu Junino)
         Data: 23/06/2011 (Quinta-Feira)
         Horário: 21:30                                            OK
         Local: Iguatu - Ceará    


  • 5° FESTJUNINO de Quadrilhas de Jaguaribe.
         Data: 24/06/2011 (Sexta-Feira)
         Horário: 21:30                                             OK
         Local: Jaguaribe – Ceará
  • Apresentação Junina do Arraiá Filhos da Terra.
         Datas: 05/07/2011
         Horários: 19:00                                           OK
         Local: Orós – Ceará



"Fiquem ligados no nosso blog para saber mais informações do nosso Arraiá"


sexta-feira, 3 de junho de 2011

'FEQUAJUCE - Muito Importante'


Federação das Quadrilhas Juninas do Ceará é uma entidade sem fins lucrativos, organização não governamental, de caráter social e filantrópico criada em 13 de março de 1990, com registro arquivado no 1o. Registro de Títulos e Documentos sob no. 137128, em 07 de janeiro de 1993, inscrita no CNPJ (MF) sob no. 69.697.795/0001-35, tendo como objetivo específico a divulgação e vivenciarão da cultura do folclore junino, abrigando como associados todas as quadrilhas juninas e grupos folclóricos do Estado do Ceará, promovendo a integração entre os sócios através de programas culturais, preservando e difundindo os valores positivos da cultura do folclore como patrimônio regional.

Nosso principal objetivo é promover um saudável entretenimento, promover, divulgar e manter acesa a chama do nosso belo São João. O público alvo é representado por milhões de nordestinos, que há anos participam dos festejos juninos, atingindo inclusive todas as classes sociais.


‘Agradecimentos’

Nós do Arraiá Filhos da Terra nos filiamos a FEQUAJUCE novamente este ano, sendo a nossa 2° vez consecutiva, estamos muito felizes em poder mais uma vez participar de festivais de quadrilhas juninas, sem contar que nós ainda permanecemos com o título de:
'1° Quadrilha Junina a Sair de Sua Cidade Atual Para Festivais Juninos'

Estamos muito felizes também em poder contar com o apoio da FEQUAJUCE e gostaríamos de ressaltar um agradecimento necessário, agradecemos bastante a nossa querida Lena Filha e nosso querido Vando Rodrigues que nos orientou bastante e que também nos deu um apoio total em questão da inscrição da FEQUAJUCE.
Obrigado.

Agradecer também aos organizadores dos festivais juninos de: Jaguaribe, Alto Santo, e Iguatu, que mais uma vez nos dão bastante atenção e que nos orientaram muito bem no ato da inscrição.
Obrigado.


terça-feira, 31 de maio de 2011

'1° Eletro Hits - Um Sucesso'


Aconteceu nesse Domingo – 29/05/2011 ‘1° Eletro Hits’de Orós, organizado pela Quadrilha Junina Arraiá Filhos da Terra tendo por objetivo de lucros, quitação de roupas, adereços, entre outros...
O evento reuniu mais de 304 pessoas no Clube do Rio Seco, recebendo vários elogios pela organização, repertorio, som, iluminação, (Sendo comparado até com boates de Fortaleza), sem contar que a população jovem não esperava um evento dessa maguinetude, a Quadrilha no ano passado (2010) também fez um Baile tendo como tema “Baile da Sirene”, lembrando desse evento, resolvemos colocar como tema “O Retorno da Sirene” atraindo mais ainda o público para evento.
Desde já agradecemos a todos que compareceram no local, e também a todas as pessoas que ajudaram diretamente e indiretamente, vale ressaltar que muitos componentes do Arraiá também ajudaram bastante tanto na hora do evento como nos dias antecendestes, desde já o nosso muito Obrigado.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

'Tema Da Quadrilha Deste Ano'


Porque “O cangaço”?
Esse ano nós que fazemos parte da direção do Arraiá Filhos da Terra reunimos todos os componentes da Quadrilha para escolhermos um tema bem interessante onde pudéssemos trabalhar toda a quadrilha com bases nele, variedades de temas foram citados, más como sempre opitamos ficar com um tema que mostrasse mais ainda nossa cultura local (Nordestina), pois a Quadrilha não é simplesmente ensaiar e dançar, mas sim levar mais e mais cultura para as pessoas que não compreendem e que tem curiosidade, nesse estimulo escolhemos simplesmente um tema jamais usado em nossa cidade:    
O cangaço


Nosso tema é muito amplo, portanto nós resolvemos escolher algo mais ligado e mais conhecido no Cangaço, foi escolhido um elemento fundamental no Cangaço, um ícone regional, que foi simplesmente “O rei do cangaço – Lampião”


O cangaço – História (Resumo)
Cangaço foi um fenômeno ocorrido no Nordeste brasileiro de meados do século XIX ao início do século XX. O cangaço tem suas origens em questões sociais e fundiárias do Nordeste brasileiro, caracterizando-se por ações violentas de grupos ou indivíduos isolados: assaltavam fazendas, sequestravam coronéis (grandes fazendeiros) e saqueavam comboios e armazéns. Não tinham moradia fixa: viviam perambulando pelo sertão, praticando tais crimes, fugindo e se escondendo. Os cangaceiros conheciam bem a catinga , e por isso, era tão fácil fugir das autoridades. Estavam sempre preparados para enfrentar todo o tipo de situação. Conheciam as plantas medicinais, as fontes de água, locais com alimento, rotas de fuga de difícil acesso.



Lampião - História
O cangaceiro mais famoso foi Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião, também denominado o "Senhor do Sertão" e "O Rei do Cangaço". Atuou durante as décadas de 20 e 30 em praticamente todos os estados do nordeste brasileiro. Por parte das autoridades, Lampião simbolizava a brutalidade, o mal, uma doença que precisava ser cortada. Para uma parte da população do sertão, ele encarnou valores como a bravura, o heroísmo e o senso da honra.
Virgulino nasceu em 7 de julho de 1898 na cidade de Vila Bela, atual Serra Talhada, no semi-árido do estado de Pernambuco, até os 21 anos de idade ele trabalhava como artesão, era alfabetizado e usava óculos para leitura, características bastante incomuns para a região agreste e pobre onde ele morava.


Sua família travava uma disputa mortal com outras famílias locais até que seu pai foi morto em confronto com a polícia em 1919. Virgulino jurou vingança e, ao fazê-lo, provou ser um homem extremamente violento. Ele se tornou um criminoso e foi incessantemente perseguido pela polícia, a quem ele chamava de macacos.
Durante os 19 anos seguintes, ele viajou com seu bando de cangaceiros, nunca mais de 50 homens, todos com cavalos e fortemente armados usando roupas de couro como chapéus, sandálias, casacos, cintos de munição e calças para protegê-los dos arbustos com espinhos típicos da caatinga.


"Lampião e Seu Amor"
Sua namorada, Maria Gomes de Oliveira - conhecida como Maria Bonita, juntou-se ao bando em 1930 e, assim como as demais mulheres do grupo, vestiam-se como cangaceiros e participou de muitas das ações do bando. Virgulino e Maria bonita tiveram uma filha, Expedita Ferreira, nascida em 13 de setembro de 1932. Há ainda a informação controversa de que eles tiveram mais dois filhos: os gêmeos Ananias e Arlindo Gomes de Oliveira, além de outros dois natimortos.


"Morre o Rei do Sertão"

No dia 27 de julho de 1938, o bando acampou na fazenda Angicos, situada no sertão de Sergipe, esconderijo tido por Lampião como o de maior segurança, por volta das 5:15 do dia 28, os cangaceiros levantaram para rezar o oficio e se preparavam para tomar café; quando um cangaceiro deu o alarme, já era tarde demais.
O ataque durou uns vinte minutos e poucos conseguiram escapar ao cerco e à morte. Dos trinta e quatro cangaceiros presentes, onze morreram ali mesmo. Lampião foi um dos primeiros a morrer. Logo em seguida, Maria Bonita foi gravemente ferida. Alguns cangaceiros, transtornados pela morte inesperada do seu líder, conseguiram escapar. Bastante eufóricos com a vitória, os policiais apreenderam os bens e mutilaram os mortos. Apreenderam todo o dinheiro, o ouro e as joias.


A força volante, de maneira bastante desumana para os dias de hoje, mas seguindo o costume da época, decepou a cabeça de Lampião. Maria Bonita por sua vez ainda estava viva, apesar de bastante ferida, quando foi degolada, feito isso, salgaram as cabeças e as colocaram em latas de querosene, contendo aguardente e cal. Os corpos mutilados e ensanguentados foram deixados a céu aberto, atraindo urubus.
Percorrendo os estados nordestinos, o coronel João Bezerra exibia as cabeças - já em adiantado estado de decomposição - por onde passava, atraindo uma multidão de pessoas. Primeiro, os troféus estiveram em Piranhas, onde foram arrumadas cuidadosamente na escadaria da igreja, junto com armas e apetrechos dos cangaceiros, e fotografadas. Depois, foram levadas a Maceió e ao sul do Brasil.


Do sul do País, apesar do péssimo estado de conservação, as cabeças seguiram para Salvador, posteriormente, os restos mortais ficaram expostos no Museu Antropológico Estácio de Lima localizado no prédio do Instituto Médico Legal Nina Rodrigues, em Salvador, por mais de três décadas, agora, materialmente, Lampião e Maria Bonita estão reduzidos a duas cabeças que se encontram mumificadas num museu do Estado da Bahia.

"O Cangaço é Uma Paixão"

'Eletro Hits 2011'



domingo, 15 de maio de 2011

‘Blog – Dos comentários ao Moderador’

Nota Inicial – O blog da ‘Quadrilha Junina Arraiá Filhos da Terra’ tem por objetivo divulgar os trabalhos e atividades efetuadas pela quadrilha, fora de qualquer outro fim que fuja do tema e objetivo padrão.
O novo blog está aqui como meio de comunicação, e receberá os comentários de qualquer pessoa sendo que a mesma siga os padrões citados abaixo.

“Comentários”
  • Todos os comentários passaram por analise do moderador.
  • Todos os comentários deveram ter uma identificação clara.
  • Para as pessoas que comentarem sem efetuar “Login” (Sem estar conectado em alguma conta do Google) será necessário colocar os seguintes dados após escrever todo o comentário: (Nome, Sobrenome e Cidade) ou não será aceito. 
  • Comentários anônimos não serão aceitos de forma alguma (Mesmo que a tecnologia do “Blogger” permita). 
  • Comentários que citem nomes de pessoas (Façam parte da Quadrilha ou não) não serão aceitos.
  • Comentários que contenham palavras baixas ou qualquer coisa que denigra a imagem do blog ou dos visitantes não serão aceitos. 
  • Críticas só serão aceitas se estiverem em uma linguagem formal não contendo palavras baixas e que não denigra a imagem dos leitores. 
“Moderador”
Eu (David Éderson Moreira do Nascimento) criei essa nota para melhorar e facilitar o acesso de todos ao Blog, nós já passamos por situações constrangedoras e queremos que não se repitam mais. Como já foi dito, o Blog está aqui como meio de comunicação e divulgação do nosso trabalho e não como palco de baixaria ou qualquer outra coisa com ligação a esse termo, sendo assim fica aqui os meus sinceros agradecimentos e um grande abraço.

“Obrigado”